Mais Notícias

Header Ads

Lançada a fase piloto da Bandeira Azul em Balneário Piçarras

Orla de Balneário Piçarras: qualidade das águas é um diferencial
Foto: Cleiton Reinert

Dois anos. Este é o período em que Balneário Piçarras tem para se adequar as 26 recomendações e poder receber a certificação Bandeira Azul, entrando assim para um seleto grupo de praias brasileiras a fazer parte do programa, criado em 1987 pela FEE (Foundation for Environmental Education) e apoio de várias entidades mundiais. O lançamento da fase piloto aconteceu no dia 7 de março na Praia Central.

A intenção do município é obter a certificação antes mesmo do prazo final e, para tanto, algumas ações já tiveram início. Entre elas, as coletas para amostras de qualidade da água da praia, efetuadas pela Universidade do Vale do Itajaí (Univali). Estas amostras complementam as que a Fundação de Meio Ambiente de SC (Fatma) coleta e que já vem apontando ótimos índices de balneabilidade.

Nas últimas 80 coletas efetuadas pela Fatma, Balneário Piçarras foi considerada própria nos dois pontos avaliados. O prefeito Leonel Martins comemora esses índices e acredita que a certificação vai trazer ainda mais visibilidade. “A nossa praia já é conhecida no estado como uma praia de águas limpas, a certificação vem reconhecer este atributo, criando ainda mais valor à nossa cidade e todos os produtos e serviços aqui oferecidos”, destaca.
Além da qualidade das águas, a cidade ainda precisa adaptar infraestrutura, em especial na acessibilidade. Vagas específicas para idosos e cadeirantes, banheiros adaptados, ampliação de lixeiras padronizadas, segurança e sinalização estão entre as exigências. É preciso também criar um comitê gestor da praia, com participação da comunidade e interessados em discutir as ações a serem realizadas. “Queremos realizar uma reunião ainda neste mês para decidir os membros do comitê gestor do programa. Solicitamos a participação da comunidade nesta importante fase do programa”, destaca a secretária de Turismo, Susan Correa.

Para Susan, receber a certificação Bandeira Azul traz um diferencial de destaque para a cidade, o que tende a atrair mais visitantes e também investimentos. "Esta é uma certificação internacional que colocará Balneário Piçarras no mapa mundial de praias seguras e com rigoroso controle de balneabilidade. A nossa cidade acaba ganhando esta divulgação a nível mundial”, explica.

Balneário Piçarras é uma das 13 cidades brasileiras a lançar a fase piloto do Programa Bandeira Azul. Atualmente, no mundo, 4.385 praias estão certificadas, sendo apenas 5 delas no Brasil: as catarinenses Lagoa do Peri, em Florianópolis e a Praia Grande de Caravelas, em Governador Celso Ramos. Em São Paulo, a Praia do Tombo, no Guarujá também é certificada, assim como a Prainha, na cidade do Rio de Janeiro e a Ponta de Nossa Senhora de Guadalupe, em Salvador, Bahia.