Mais Notícias

Header Ads

PM de Penha cria a Rede de Prevenção Hoteleira

Apresentação aconteceu na Câmara de Vereadores
Foto: Rodrigo Knack / Revista Livre 


A Polícia Militar de Penha apresentou a empresários do setor hoteleiro um novo canal para troca de informações com o objetivo de identificar possíveis suspeitos e promover mais segurança nos hotéis e pousadas da cidade.


Esta rede, denominada "Prevenção Hoteleira", é composta de um grupo de WhatsApp, nos moldes do programa Rede de Vizinhos, onde os profissionais dos estabelecimentos participantes podem trocar informações que podem ajudar a PM a trabalhar a prevenção, além de identificar e agir em caso de alguma situação suspeita. 


A apresentação foi feita na Câmara de Vereadores nos dias 16 e 17 de setembro pelo comandante da 3º Companhia da PM de Penha, Capitão Monteiro, e pelo Sargento Guilherme. De acordo com o Capitão Monteiro, todas as informações contidas no grupo serão sigilosas e passarão por filtragens do setor de inteligência da PM.


As formas de atuação em cada caso foram explicadas na ocasião, mas por questões estratégicas e de segurança, não divulgaremos nesta reportagem.




O comandante da 3º Companhia da PM, Capitão Monteiro, explica
como vai funcionar a Rede de Prevenção Hoteleira 
Foto: Rodrigo Knack / Revista Livre 


Troca de informações


A ideia, segundo o comandante da PM em Penha, é estabelecer uma rede de comunicação e informação entre o setor hoteleiro e a polícia. Por ser uma cidade de pequeno porte e com intenso fluxo de turistas, Penha também torna-se um atrativo para criminosos como traficantes de drogas, pedófilos, roubo de veículos, golpistas ou assaltantes, por exemplo. 


Para uma ação mais efetiva na prevenção e combate aos crimes, a troca de informações é uma importante aliada. O Capitão Monteiro citou um caso em que um grupo planejava praticar atos criminosos em Penha e se hospedaram em Navegantes. A partir das informações trocadas com a inteligência da PM, foi possível prender o grupo antes mesmo da execução do plano deles. 


O comandante destacou os bons resultados obtidos através dos grupos participantes da Rede de Vizinhos e afirmou que a hotelaria é uma importante aliada no reforço das ações de segurança para a cidade. Capitão Monteiro destacou que é necessária uma adesão do máximo de estabelecimentos. 


"Queremos melhorar a segurança, estamos fazendo a nossa parte, mas precisamos que todos também façam a sua parte", convocou. 


190


O Sargento Guilherme explicou que a Rede de Prevenção Hoteleira será gerida e moderada pela PM e que existem regras que devem ser respeitadas pelos participantes, que também passarão por filtragem antes de serem adicionados, por questões de segurança e sigilo das informações.


O PM ressaltou ainda que o grupo é para a troca de informações, mas que o acionamento em casos emergenciais deve ser somente através do telefone 190, para fins de registro oficial e acionamento das viaturas.